Skip links

Projeto Cidadania Solidária

O conhecimento de informática é fundamental para todos nos dias de hoje. O mercado de trabalho cobra isso! O curso de informática básica possibilitará ao aluno se qualificar para o mercado de trabalho e gerar renda para sua família, melhorando assim, a sua autoestima e sua qualidade de vida.

Público alvo

O projeto é voltado para comunidade a partir de 14 anos. São beneficiados os moradores da região Sol Nascente

Devido à alta demanda do projeto, a seleção é realizada com base no grau de maior vulnerabilidade.

Para participar, as famílias devem estar inscritas no Cadastro Único da entidade.

Nossos objetivos

Capacitar o aluno a desenvolver atividades ligadas à área de informática de modo profissional e atualizado, visando à ampla utilização dos recursos de editoração de texto, planilhas eletrônicas, softwares de apresentação e demais aplicativos.

  • Desenvolver no aluno o interesse pela informática;
  • Familiarizar o aluno no uso do computador;
  • Permitir ao aluno conhecer os componentes de Hardware e Software de um computador;
  • Desenvolver habilidades de criatividade;
  • Desenvolver autonomia na utilização das ferramentas da informática compreendendo a sua abrangência para pesquisa e apresentação dos trabalhos;
  • Desenvolver habilidades técnicas necessárias para o ingresso no mercado de trabalho;

Metodologia adotada

Projeto Cidadania Solidária  trata-se de um programa de incentivo ao aprendizado da comunidade que não tem condições de estudar. A idéia do projeto e  levar conhecimento aos que necessitam e mostrar que todos podem ter as mesmas oportunidades, se houver incentivo e ajuda.

Sendo o principal intuito do projeto a formação de multiplicadores, a metodologia adotada visa, principalmente, obter o comprometimento das pessoas beneficiadas com o projeto. Desta forma, para participar dos cursos de qualificação básica, a serem oferecidos através do presente projeto, as pessoas precisarão doar um número de horas do seu tempo para trabalhar em prol do projeto. Essas horas doadas poderão ser gastas ministrando cursos básicos nas quais tenham conhecimento, fazendo manutenção em equipamentos ou dando suporte aos novos alunos. E fornecida à comunidade uma ferramenta do tipo rede social, onde todos os moradores interessados da comunidade se farão presentes.

 

O intuito é melhorar a comunicação e a articulação da comunidade para resolver problemas sociais que afetem o Sol Nascente, e por consequência que requeiram o envolvimento de todos para solucioná-los. Ao longo do projeto, são realizadas avaliações simples com o único propósito de identificar as pessoas mais indicadas para serem os multiplicadores do projeto. Nesta ação de extensão a um compartilhamento de conhecimentos, bastante característico quando há a interação entre os instrutores e comunidade. A comunidade com seus saberes, decorrentes da sua experiência cotidiana relacionam os potenciais da ferramenta aprendidos com as suas necessidades. Disto decorre uma síntese dos saberes, a qual provoca a mudança da prática da comunidade ou individual, bem como a produção de novos conhecimentos. Este trabalho a extensão se dará através da comunicação de uma tecnologia para a inclusão social por meio da inclusão, podemos afirmar que esta inclusão só vai ser efetiva se progredir junto com a geração de renda e a educação.

 

E neste contexto é necessário muito mais que o acesso ao computador e a internet, bem como, conhecimento técnico, que por si só não constituem a inclusão digital, pois, a educação para o uso da ferramenta digital em benefício próprio ou coletivo deve acompanhar todas as medidas aplicadas, a fim de que, estas melhorem a qualidade de vida e dignidade, tornando-se efetivamente inclusivas.

 

A apropriação da tecnologia consiste na capacidade de compreender o universo que a envolve concretizado nas possibilidades de uso e nos rumos que a tecnologia toma com o objetivo de não estar sujeito a ela, mas sim sujeitá-la, isto é, influir na importância e finalidades dela. Será fornecida à comunidade onde o projeto será realizado, uma ferramenta do tipo rede social, onde todos os moradores interessados daquela comunidade se farão presentes.

 

Ao longo do projeto, serão realizadas avaliações simples com o único propósito de identificar as pessoas mais indicadas para serem os multiplicadores do projeto.

Atividades que
compõem este serviço

Atuamos na esfera da Assistência Social, desenvolvendo um trabalho de relevante interesse público, propondo atividades com crianças oriundas de famílias que estão expostas a vulnerabilidade social.

Atividades realizadas

  • Exercícios práticos adaptados à realidade do aluno;
  • Estímulo à descoberta do uso do computador e seus aplicativos;
  • Estímulo ao uso da Internet como fonte de pesquisa e aprendizado;
  • Avaliação do desempenho do aluno;
  • Aplicação dos conhecimentos adquiridos na resolução de exemplos práticos reais;
  • Desenvolvimento de atividades e tarefas em grupo;

Detalhamento da estratégia utilizada

As atividades e ações propostas pelo Projeto foram elaboradas e pensadas pela equipe técnica da instituição com o suporte de Leis e Resoluções próprias a Política de Assistência Social, bem como com a participação dos usuários, levando em consideração sua opinião tanto na elaboração, quanto na avaliação dos resultados

Buscando atender os objetivos previstos nos programas e projetos, as atividades desenvolvidas foram previamente planejadas e, sempre que necessário, foram adequadas às características do grupo. Entre as atividades oferecidas destacam-se:

  • Atividade Física: recreacional, funcional e esportiva;
  • Atividade Lúdica: confecção de trabalhos, organização de peças de teatro, dança, leitura, filmes e comunicação (expressão verbal e gestual em dinâmicas de grupo);
  • Atividades e dinâmicas com grupos de convivência e fortalecimento de vínculos envolvendo pais.

O programa foi elaborado e proposto partindo da convivência diária que, possibilita a troca de experiências e vivencias. Os grupos contam com atendimento individual e orientação de profissionais habilitados para trabalhar com crianças e adolescentes.

O monitoramento é realizado de forma contínua durante o decorrer do ano, sendo que são executadas reuniões mensais com a equipe técnica , análise de relatórios de atividade, bem como de atendimento. O monitoramento se mostra como instrumental importante, uma vez que traz dados relevantes para o bom andamento das ações propostas

A Avaliação vem configurando-se como um processo constante adotado pela instituição, mostrando-se essencial para garantir a qualidade do serviço ofertado, pois possibilita reflexões sobre dados significativos, visando prover mudanças para a superação das dificuldades. Sendo assim, a avaliação ocorre em várias dimensões: com as crianças e adolescentes assistidos, com as famílias assistidas, com os funcionários e equipe técnica atuantes no programa, bem como voluntários e diretoria. A avaliação é realizada através de pesquisa de satisfação dos usuários contemplados pelo serviço periodicamente.